Energias Renováveis – Como o Engenheiro Mecânico Contribui

Introdução

 A partir da primeira revolução industrial a humanidade conheceu um novo ritmo de desenvolvimento e com isso o consumo de fontes de energias cresceu de forma exponencial e a necessidade de engenheiros e energias renováveis também.

Sendo estas fontes de maioria não renováveis, ou seja, fontes de energia, que sua reposição na natureza é muito lenta, pois elas são resultado de reações que consomem um enorme tempo e dependem de condições bem detalhadas, e nesse sentido foi necessário a implementação e o desenvolvimento de energias renováveis e da mesma forme houve uma grande participação de engenheiros mecânicos também; Que pode ser observado também no uso da energia em veículos Elétricos e Híbridos.

Energia renovável 

As energias renováveis tem sua origem na natureza e utilizam recursos que não acabam e com isso se renovam numa escala de tempo humana e causando um impacto bem raso na natureza. Através disso, pesquisadores e engenheiros mecânicos buscam incansavelmente pelo desenvolvimento e aplicação de energias renováveis. Com diversos exemplos como a turbina eólica feita pelo inventor Pou Lá Cour, usinas hidroelétricas, idealizadas inicialmente por Nicolas Tesla e George Westinghouse, painéis solares idealizados por Russel Ohl etc…

O papel do Engenheiro mecânico nas energias renováveis

Vindo de um contexto histórico onde as máquinas e projetos eram baseados em energias não renováveis, nos dias atuais o engenheiro mecânico está bem mais voltado para o ambiente e assim, desenvolve os projetos, com uma visão bem mais ambiental.

Junto a isto, o engenheiro mecânico deve sempre estar se atualizando e atento as inovações no ramo da energia, para que este traga sempre inovação e consiga suprir as demandas de pesquisa que o mercado necessita. 

Atuando na maioria das vezes na elaboração de processos, no planejamento e na implantação de novas formas de utilizar as energias renováveis. 

Contribuições do Engenheiro Mecânico nas Energias Renováveis 

Uma das áreas de atuação da engenharia mecânica se dá na mecânica dos fluidos sendo está a área da física que tem por objetivo o estudo dos fluidos no estado de repouso ou de movimento. Portando utilizando esses estudos o engenheiro mecânico contribui no projeto e na aplicação das energias renováveis, como a hidroelétrica e eólica. 

Energias Renováveis Auxiliadas Pelos Engenheiros Mecânicos: 

Energia Solar

A energia solar tem sua origem na radiação eletromagnética emitida pelo sol, tendo sua aplicação em diversos projetos e equipamentos como aquecedores solares, painéis fotovoltaicos e usinas heliotermica.

Este tipo de energia renovável possui algumas vantagens como não ser poluente, ser limpa e silenciosa, porem a mesma possui algumas desvantagens como o alto custo para aquisição e não gerar energia a noite. 

Energia Eólica 

Energia eólica e a transformação da energia proveniente da força dos ventos em energia que pode ser utilizada em aerogeradores, moinhos de vento etc.., para produção de eletricidade, outra aplicação bem conhecida e a de energia eólica na impulsão de barcos a vela. 

Esta energia possui diversas vantagens como ser uma energia limpa, não emitir poluentes, e sua fonte ser inesgotável contudo ela possui algumas desvantagens como a intermitência, pois o vento nem sempre sopra na intensidade e quando e necessário e a poluição sonora pois os ruídos produzidos soam de forma intermitente.

Energia de Biomassa

A energia de biomassa resulta da queima de matéria-prima orgânica como exemplos madeira, paletes, resíduos agrícolas, etc.., para gerar energia útil.

Esta energia possui diversos pontos positivos como a geração de poucos poluentes comparada a outras fontes não renováveis, grande capacidade de reutilização de resíduos orgânicos e apresenta menor risco ambiental.

Entretanto, esta energia também possui desvantagens como a problemática do armazenamento da biomassa sólida, a contribuição na formação de chuva ácida através da queima da massa orgânica, o alto custo para se ter os equipamentos industriais e o grande impacto gerado no meio ambiente.

Isto se dá pois o processo para se ter energia de biomassa muitas vezes gera o desmatamento e assim afeta o solo fisicamente e quimicamente e por fim, algumas fontes de biomassa deixam de ser renováveis devido ao tempo para reposição.

Energia Hídrica

Energia hídrica é resultado da energia potencial de uma massa de água, através da queda por um desnível ou força de água corrente. E Está forma de energia é hoje uma das mais utilizadas principalmente no Brasil.

Esta possui algumas vantagens como ter sua origem na água e está ser de um recurso natural renovável. Porém, ela possui desvantagens e no geral se resume ao elevado impacto ambiental provocado para a sua implantação.

Imagem padrão
Jorge Junior
Artigos: 1

Deixar uma resposta